Pular para o conteúdo principal

Projeto Político Pedagógico: Uma construção coletiva

    O Projeto Político Pedagógico constitui-se como uma referência norteadora da ação educativa, em todos os âmbitos da escola. Investiga as ações, concepções e desejos institucionais históricos, atuais e prováveis, para garantir um presente democrático, qualificado, operacional e socialmente referenciado.

     A produção envolve o coletivo que, direta ou indiretamente, atua na ação educativa para a construção efetiva de uma sociedade crítica, participativa e mais justa.
     É político porque sua elaboração requer uma construção coletiva, com a participação de toda a comunidade escolar. Faz-se necessário articular e construir espaços participativos, coletivos que apontem para o que se almeja ser, exige métodos, organização e sistematização.

    A palavra projeto nos remete à ideia de futuro, tendo como ponto de partida a realidade atual da escola. O PPP deve estar em constante elaboração,  pautado em diretrizes educacionais amplas e universais e articula, por meio de diálogos locais, as transformações nas práticas do cotidiano escolar. 

  Compreender o que é o Projeto Político Pedagógico da escola leva ao entendimento do papel social da escola e da educação, sua problematização, sua autonomia e participação junto ao meio.

O Projeto Político Pedagógico segue algumas etapas:

Caracterização da escola.
Missão
Dados sobre a Aprendizagem
Relação com as famílias
Recursos
Diretrizes Pedagógicas.
Pressupostos teóricos.
Informações sobre os níveis de Ensino.
Pressupostos legais.
Plano de ação.

Por onde começar?

    A primeira tarefa na construção do PPP é identificar como a escola se organiza no momento atual e analisar quais foram os fatores históricos que contribuíram para o presente da sua escola. É nesse momento que surge a possibilidade de refletir sobre as aproximações entre teoria e prática com a comunidade escolar. Essas relações estabelecidas no interior da comunidade escolar abrem espaço para a transformação político-pedagógica. 

    Também não se pode esquecer que o PPP precisa de organização com a previsão de ações no calendário escolar. Datas e pautas a serem discutidas sustentam as futuras ações durante o ano letivo, envolvendo toda a comunidade escolar. 

O que fazer?

      A escola pode se organizar a partir de reuniões que envolvam a comunidade escolar, com objetivos específicos que garantam a fluidez das ações a serem vivenciadas coletivamente.

    O objetivo é dialogar, conhecer e elaborar propostas tendo em vista as necessidades e construções elaboradas pela comunidade escolar a partir de alguns itens, como: currículo, organização do trabalho pedagógico, gestão e convivência. Este é o espaço coletivo para trocas, diálogos e definições.

    A criação de espaços democráticos destinados à participação ativa da comunidade torna possível construir e implementar um Projeto Político Pedagógico que respeite a especificidade do grupo, nele desenvolvendo consciência crítica e a sensação de pertencimento a um espaço constante de formação, pautado na observação e na possibilidade efetiva de enfrentamento dos desafios.

   O PPP, entendido como processo, mesmo após a avaliação das metas e de sua aprovação pela comunidade escolar, não se esgota. Há metas que podem ser implementadas em curto prazo, por demandarem adaptações possíveis do currículo, do espaço físico ou da organização interna da instituição, e outras que pedem mais aprofundamento teórico, pedagógico e conceitual, exigindo maior tempo para sua concretização.

 A escola está em constante movimento, por isso deve estar em constante processo de avaliação das ações. em relação ao PPP, é essencial uma avaliação ao final das etapas concluídas, para rever e/ou acrescentar novas metas, categorias ou mesmo novas definições teóricas e práticas.

  Também há outros aspectos  essenciais para a composição de um PPP, tais como: história da escola, estrutura orgânica e física, quadro de profissionais, recursos financeiros, projetos permanentes e matriz curricular de cada conteúdo. 

  E também é preciso ressaltar que a elaboração coletiva do PPP é um processo permanente, não se encerra, se baseia nas ações cotidianas e constitui o pilar que sustenta nosso caminhar conjunto.

     Nem todos os Projetos são iguais, muitos seguem as orientações das mantenedoras, de algum órgão ou entidade que os rege. Como os conselhos Municipais ou estaduais.


Para saber mais:

MEC - Ministério da Educação. PPP: Dimensões Conceituais. Disponível em: <http://moodle3.mec.gov.br/ufmt/file.php/1/gestores/vivencial/pdf/dimensoesconceituais.pdf>. Acesso em: 23/10/2020. 

MUNIZ, LUCIANA S. et al. Projeto Político Pedagógico: um exemplo para você elaborar o seu. InSite Gestão escolar.Org. Disponível em: https://gestaoescolar.org.br/conteudo/2206/projeto-politico-pedagogico-um-exemplo-para-voce-elaborar-o-seu. Acesso: 26/10/2020.

OBSERVATÓRIO PNE. Projeto político-pedagógico: orientações para o gestor escolar / textos Comunidade Educativa CEDAC. – São Paulo: Fundação Santillana, 2016. Disponível em: <https://www.observatoriodopne.org.br/_uploads/_posts/50.pdf?157483332>. Acesso em: 23/10/2020.

Livro: VEIGA, Ilma Passos Alencastro. Projeto político-pedagógico da escola: uma construção possível. Papirus Editora, 2013.

Livro





 

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Sequência didática: Atividades - História João e o Pé de Feijão

 

Projeto: Dia de quem cuida de mim

Tema: Dia da família ou de Quem Cuida de Mim. Publico alvo: Crianças, famílias, Comunidade escolar, Objetivo geral: Propiciar às crianças a continuação da reflexão de sua estrutura familiar e o conhecimento da constituição de outras famílias, refletir sobre o relacionamento entre as pessoas de sua família e as demais pessoas que a rodeiam, oportunizando o respeito e o interesse pelos diferentes grupos familiares. Objetivos específicos: ·         Reconhecer e valorizar os membros da família. ·         Compreender a história de seus colegas a partir de sua própria história ·         Permitir ao aluno vivências que estimulem a fala e expressões corporais. ·         Desenvolver a criatividade através da interação com outros pares, além da sala de aula. ·         Interagir com outras crianças em diferentes faixas etárias, através de brincadeiras. ·         Desenvolver a linguagem oral e escrita. Justificativa:   A família é o primeiro ponto de re

Projeto - Atividades: Meu Pintinho Amarelinho

  Atividades a partir da música: Meu pintinho Amarelinho. Campos de experiencias:  Corpo, gestos e movimentos. Traços, sons, cores e formas. Escuta, fala, pensamento e imaginação. Espaços. tempos, quantidades, relações e transformações. Objetivos: Demonstrar controle e adequação do uso de seu corpo em brincadeiras e jogos. Criar movimentos, gestos, olhares e mímicas em brincadeiras, jogos e atividades artísticas como dança, teatro e música. Coordenar suas habilidades manuais no atendimento adequado a seus interesses e necessidades em situações diversas. Expressar-se livremente por meio de desenho, pintura, colagem, dobradura e escultura, criando produções bidimensionais e tridimensionais. Expressar ideias, desejos e sentimentos sobre suas vivências, por meio de linguagem oral e escrita (escrita espontânea), de fotos, desenhos e outras formas de expressão. Estabelecer relações de comparação entre objetos, observando suas propriedades. Classificar objetos e figuras de acordo com suas sem