Pular para o conteúdo principal

O Grito da gaivota - autobiografia de Emmanuelle Laborit


   O grito da Gaivota faz um confronto com a realidade que tal até então poucos conhecem. É um convite a partilhar as experiências, muitas vezes dolorosas, do dia a dia das pessoas que convivem com o silêncio e a incompreensão. Emmanuelle Laborit é a protagonista deste livro que se tornou um testemunho, marcado pela memória de um crescimento diferente. A escritora surda relata a história pessoal de alguém que sempre viveu no silêncio e que nunca conseguiu viver distante da comunicação. Gaivota foi o apelido que a família colocou em Emmanuelle quando era pequena e se esforçava para se comunicar. 

  Uma das ideias essenciais do livro consiste em defender a língua gestual como um meio de comunicação tão eficaz quanto a linguagem oral. Esta obra, trata-se do primeiro livro escrito por um surdo destinado a surdos e ouvintes.

  O termo ouvinte é utilizado para se referir às pessoas não surdas.

 Quer continuar lendo e aprendendo, acesse:


 INES - Instituto Nacional de educação de Surdos

O que é surdez? - LIBRAS

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Sequência didática: Atividades - História João e o Pé de Feijão

 

Projeto: Dia de quem cuida de mim

Tema: Dia da família ou de Quem Cuida de Mim. Publico alvo: Crianças, famílias, Comunidade escolar, Objetivo geral: Propiciar às crianças a continuação da reflexão de sua estrutura familiar e o conhecimento da constituição de outras famílias, refletir sobre o relacionamento entre as pessoas de sua família e as demais pessoas que a rodeiam, oportunizando o respeito e o interesse pelos diferentes grupos familiares. Objetivos específicos: ·         Reconhecer e valorizar os membros da família. ·         Compreender a história de seus colegas a partir de sua própria história ·         Permitir ao aluno vivências que estimulem a fala e expressões corporais. ·         Desenvolver a criatividade através da interação com outros pares, além da sala de aula. ·         Interagir com outras crianças em diferentes faixas etárias, através de brincadeiras. ·         Desenvolver a linguagem oral e escrita. Justificativa:   A família é o primeiro ponto de re

Projeto - Atividades: Meu Pintinho Amarelinho

  Atividades a partir da música: Meu pintinho Amarelinho. Campos de experiencias:  Corpo, gestos e movimentos. Traços, sons, cores e formas. Escuta, fala, pensamento e imaginação. Espaços. tempos, quantidades, relações e transformações. Objetivos: Demonstrar controle e adequação do uso de seu corpo em brincadeiras e jogos. Criar movimentos, gestos, olhares e mímicas em brincadeiras, jogos e atividades artísticas como dança, teatro e música. Coordenar suas habilidades manuais no atendimento adequado a seus interesses e necessidades em situações diversas. Expressar-se livremente por meio de desenho, pintura, colagem, dobradura e escultura, criando produções bidimensionais e tridimensionais. Expressar ideias, desejos e sentimentos sobre suas vivências, por meio de linguagem oral e escrita (escrita espontânea), de fotos, desenhos e outras formas de expressão. Estabelecer relações de comparação entre objetos, observando suas propriedades. Classificar objetos e figuras de acordo com suas sem