Pular para o conteúdo principal

Projeto Educação Infantil Alinhado à BNCC

 



A BaseNacional Comum Curricular (BNCC) serve de referência para as instituições de ensino desenvolverem ações com os alunos de diferentes faixas etárias. A Educação como um todo tem uma contribuição relevante na formação intelectual das crianças, que precisam ser estimuladas para adquirir conhecimento e compreender o que acontece ao redor.

A Educação tem um papel muito importante para meninos e meninas não apenas se divertirem, mas também terem mais condições de desenvolver todos os seus viés cognitivos. À medida que as crianças aprendem novas habilidades, mais integradas estarão ao ambiente escolar e à sociedade. 

QUER TER ACESSO A KITS SOBRE EDUCAÇÃO CLIQUE AQUI.

Projeto: Eu sou assim...

Período: 2 SEMANAS

Escuta, fala, pensamento e imaginação

De todos os campos de experiência na educação infantil, esse mostra como a linguagem oral é indispensável para a boa convivência e a compreensão de tudo que acontece ao redor. As crianças são estimuladas a conversar sobre as histórias contadas em sala de aula e a participar de brincadeiras (cantigas de roda e jogos cantados), em que a oralidade tem uma grande influência na dinâmica.

Por meio de leitura de livros, os alunos passam a ter contato com diversos personagens em vários contextos. Isso contribui para desenvolver atividades voltadas para a imaginação, como criar uma pequena história a partir do que foi trabalhado em sala de aula.

- Trabalhar o nome da criança

- crachá, músicas, chamadinha, bingo de nomes, bingo de letras, forca, quebra-cabeça, etc.

- Primeira letra, última letra, quantas letras tem, etc.

- História do nome (entrevista com os pais)

- Painel de nomes, lista de nomes, etc.

- Acróstico

- Caixa surpresa (colocar dentro o que mais gostam)

- Poesia "Ou isto ou aquilo" – Cecília Meirelles (trabalhar preferências), Nomes da Gente,

- Rodas de conversa (preferências, características, respeito à diversidade, cada um é diferente, etc.)

- Alfabeto de nomes

- Nomes e rimas

- Histórias:

Menina bonita do laço de fita.

 As três partes.

Maria vai com as outras.

Os Porquês do coração.

Revolução no formigueiro.

 

Espaço, tempo, quantidades, relações e transformações

As iniciativas estão voltadas para criar uma ideia de espaço (perto, longe etc.) e uma maior compreensão do movimento corporal (para frente, para trás etc.). Há também um direcionamento para as crianças terem uma maior percepção de tempo (dia, noite e estação do ano).

Nesse campo, as escolas abordam a questão cronológica das atividades, mostrando o significado de termos, como ontem, hoje, amanhã etc. Esse processo tem como meta fazer com que as crianças compreendam a sequência de fatos relacionados com a vida delas.

Além disso, colabora para que elas tenham uma melhor noção de rotina. Por exemplo, uma família cria um calendário de ações que o aluno realiza durante a semana.

- Quantidade: fazer comparações entre os nomes (número de letras), maior nome, menor

- Quantos nomes começam com a mesma letra

- Quantas letras tem o nome (colar bolinhas de crepom ou palitos para cada letra)

- Trabalhar com a idade das crianças (desenhar velas no bolo de acordo com a idade

- Boneco de formas geométricas

- Agrupamento de acordo com as características (cor do cabelo, cor da pele, cor dos olhos, idade, etc.)

- Gráfico de idades (ou de n° de sapato, ou de preferências, etc.) meninos e meninas

- Sequência numérica

- Altura e peso

- Ordem crescente e decrescente (na fila)

 

Traços, sons, cores e formas

As atividades desse campo destacam a experiência dos alunos com os diferentes movimentos artísticos, científicos e culturais. Elas também incluem um contato mais próximo com a música e a linguagem visual.

- Autorretrato

- Confecção de uma boneca de pano ou bonecos de jornal, papelão, massinha, etc.

- Desenhar o contorno do corpo com giz no chão

- Quebra-cabeça com fotos ou figura de crianças

- Painel "somos todos diferentes"

- Cartaz de preferências (brinquedos preferidos, cores, brincadeiras, etc.)

- Álbum individual

- Confecção de livrinho (minha história, minhas preferências, etc.)

- Releituras de obras

- Expressões faciais

 

O Eu, o Outro e o Nós

Trabalha com as experiências que envolvem a identidade e a subjetividade. O foco é o desenvolvimento social e pessoal da criança. São analisadas as maneiras como ela se relaciona consigo mesmo e com os outros. 

- História do nome

- Certidão de nascimento

- Confecção de carteira de identidade

- Características e preferências (cores, programa de TV, música, time,

brincadeiras, brinquedo, história, lugar de passear, etc.)

- O meu nome e o nome dos colegas

- Diversidade

- Animais de estimação

- Esquema corporal

- Dia do Brinquedo

- Questionamentos do tipo:

* O que eu faço quando estou com raiva?

* O que me deixa com raiva?

* O que me deixa feliz?

* O que me deixa triste?

* O que eu não gosto que fazem comigo?

- Criação de regras e combinados

- Estatuto da Criança (direitos e deveres)

- Etapas da vida (bebê, criança, adolescente, adulto, idoso)

- Conversa sobre apelido (discriminação, respeito, etc.)

- Atividades com Gosto e Não gosto

- Emoções e sentimentos

- Palavras mágicas

- Falar sobre o dia-a-dia (atividades diárias)

- Manhã, tarde, noite

Corpo, gestos, movimentos

    Dos campos de experiência na educação infantil, esse se caracteriza por estimular bastante as crianças. Isso porque elas passam a se relacionar melhor com o corpo por meio de brincadeiras e outras atividades desenvolvidas na escola.

- Eu sou um boneco duro

- Meu boneco de lata

- A canoa virou

- Comeu pão

- Abecedário da Xuxa

- Dinâmica do espelho

- Comeu pimenta

- Música "Palavras Mágicas" - Eliana

- Mamãe posso ir (seguir ordens, regras, obediência, família)

- Elefante colorido (preferência de cores)

- Descobrir quem é (reconhecer o outro através do tato)

- Gato mia (conhecer o outro pelo som da voz)

- Espelho (mímica)

- História do Banho (higiene)

- Lá vai meu barquinho (preferências)

- Imitar o mestre (conhecimento do corpo e seguir regras)

- Amigos (amizade e quantidade)

- Simão disse (obedecer ordens, regras)

- Morto e vivo (etapas da vida)

- Dança da cadeira (com o nome das crianças)

- Brincadeiras do folclore (da infância dos pais) amarelinha, pula corda, brincadeiras de roda, etc.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Sequência didática: Atividades - História João e o Pé de Feijão

 

Projeto: Dia de quem cuida de mim

Tema: Dia da família ou de Quem Cuida de Mim. Publico alvo: Crianças, famílias, Comunidade escolar, Objetivo geral: Propiciar às crianças a continuação da reflexão de sua estrutura familiar e o conhecimento da constituição de outras famílias, refletir sobre o relacionamento entre as pessoas de sua família e as demais pessoas que a rodeiam, oportunizando o respeito e o interesse pelos diferentes grupos familiares. Objetivos específicos: ·         Reconhecer e valorizar os membros da família. ·         Compreender a história de seus colegas a partir de sua própria história ·         Permitir ao aluno vivências que estimulem a fala e expressões corporais. ·         Desenvolver a criatividade através da interação com outros pares, além da sala de aula. ·         Interagir com outras crianças em diferentes faixas etárias, através de brincadeiras. ·         Desenvolver a linguagem oral e escrita. Justificativa:   A família é o primeiro ponto de re

Projeto - Atividades: Meu Pintinho Amarelinho

  Atividades a partir da música: Meu pintinho Amarelinho. Campos de experiencias:  Corpo, gestos e movimentos. Traços, sons, cores e formas. Escuta, fala, pensamento e imaginação. Espaços. tempos, quantidades, relações e transformações. Objetivos: Demonstrar controle e adequação do uso de seu corpo em brincadeiras e jogos. Criar movimentos, gestos, olhares e mímicas em brincadeiras, jogos e atividades artísticas como dança, teatro e música. Coordenar suas habilidades manuais no atendimento adequado a seus interesses e necessidades em situações diversas. Expressar-se livremente por meio de desenho, pintura, colagem, dobradura e escultura, criando produções bidimensionais e tridimensionais. Expressar ideias, desejos e sentimentos sobre suas vivências, por meio de linguagem oral e escrita (escrita espontânea), de fotos, desenhos e outras formas de expressão. Estabelecer relações de comparação entre objetos, observando suas propriedades. Classificar objetos e figuras de acordo com suas sem